,

Conheça alguns hábitos que podem ajudar a prevenir a infertilidade

Planejar uma gravidez é uma decisão que pode demorar. Para muitos casais, é preciso tempo para se estabelecer financeiramente, profissionalmente e até emocionalmente. Além disso, a biologia dos dois tem que jogar a favor. Alguns hábitos são essenciais para não comprometer a fertilidade. Manter o peso adequado através de uma boa alimentação, praticar atividades físicas e não fumar são fatores que contribuem para uma boa qualidade do óvulo e do espermatozóide. A prevenção de doenças sexualmente transmissíveis também é importante pois evita a formação de aderências ou obstrução nas trompas. Dosagens hormonais avaliam a reserva hormonal e o espermograma mostra se está tudo normal com o homem.

Médicos ressaltam que o organismo de cada mulher funciona de uma forma. Mas, se em um ano de relações sexuais sem uso de forma de anticoncepção a mulher, mais jovem que 35 anos, não engravidar, pode haver algum problema e é preciso procurar um médico. Após os 35, pode levar seis meses antes de buscar ajuda. A partir dos 40, o auxílio é essencial assim que decidir tentar.