• 01

    Paciente de 30 anos com esterilidade há dois anos e meio procurou a clínica Chedid Grieco para tratamento. Realizou exames de dosagens de hormônios e ultra-sonografia pélvica que não mostraram alterações. Durante a investigação foi realizado também teste pós coital para ver a capacidade dos espermatozóides de penetrarem no muco cervical. O resultado foi deficiente.

    Foi, então, sugerida a realização de indução de ovulação para coito programado (relação sexual na data marcada pelo médico após o controle da ovulação).

    A paciente engravidou na primeira tentativa e teve uma gestação que evoluiu bem com o nascimento de uma menina.

  • 02

    Paciente de 28 anos com esterilidade há cinco anos. Tinha o diagnóstico de endometriose leve tratada após vídeo- laparoscopia feita na clínica Chedid Grieco. Os demais exames de dosagens hormonais e ultra-sonografia foram normais assim como o espermograma.

    A paciente foi então submetida a indução de ovulação com citrato de clomifenio seguida de inseminação intra uterina, tendo engravidado na primeira tentativa.

    Evoluiu com uma gestação sem intercorrências com o nascimento de uma menina.

  • 03

    Paciente de 36 anos com esterilidade há seis anos. Em 2006 havia feito exame de histerosalpingografia (radiografia para ver as trompas e o útero) que mostrou aderências dentro do útero e obstrução nas trompas bilateralmente. Naquela época foi submetida a tentativa de desobstrução cirúrgica das trompas em outro serviço sem sucesso.

    Procurou a clínica Chedid Grieco e foi então realizada histeroscopia cirúrgica para retirada da aderência intra uterina com sucesso.

    Após a cirurgia foi então realizada Fertilização In Vitro e transferência de embriões. A paciente ficou grávida porém evoluiu com um abortamento com três meses de gestação. A investigação da causa do abortamento revelou a presença de anticorpos da síndrome antifosfolípide.

    Em 2008 realizou nova tentativa de Fertilização In Vitro tendo sido obtido um grande número de embriões (8). Foram transferidos quatro embriões e os quatro excedentes foram congelados. Nessa tentativa a paciente não engravidou.

    Em 2009 os embriões congelados foram descongelados e deixados em cultura no laboratório até o estágio de blastocisto. Os embriões foram transferidos e evoluíram para uma gravidez com um único feto, atualmente no 5º mês e com boa evolução.

  • 04

    Paciente de 33 anos com esterilidade há quatro anos já tendo realizado três cirurgias por vídeo laparoscopia em 2006, 2007 e 2008 em outro serviço com diagnóstico de endometriose e aderências pélvicas, tratado clinicamente. Na época, nesse mesmo serviço, realizou três tentativas de inseminação intra uterina sem sucesso.

    Ao procurar a clínica Chedid Grieco realizamos a pesquisa de anticorpos anti-espermatozóide no esperma que resultou positivo.

    Foi então indicada Fertilização Assistida através da técnica de ICSI (Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóide).

    A paciente evoluiu com uma gestação gemelar, sem intercorrências com o nascimento de um menino e uma menina.